Brejaúba

 

CARO VISITANTE… AGUARDAMOS SUAS INFORMAÇÕES PARA COMPLEMENTAR A HISTÓRIA DESTA COMUNIDADE. (História, fotos, Famílias, coordenadas, etc.)

 Participe!

descubracastelo@gmail.com

IGREJA BREJAÚBA

Historia da comunidade:

     A comunidade surgiu entre 1900 e 1910. José Baptista de Mesquita antes de comprar a fazenda Brejaúba, morava lá pros lados de Cancão, uma propriedade em Conceição de Castelo. Lá ele foi subdelegado, juiz de paz e sua força política tornou-se conhecida.
Em suas andanças descobriu às margens dos rios Estrela do Norte e Santa Rosa, que havia ali uns posseiros com glebas de terra de 20 alqueires cada, que desejavam vender as suas terras. Interessou-se por uma dessas posses que já existia uma casa velha e com uma nascente de água potável abundante, situada na região onde hoje está construída a igreja da comunidade de Brejaúba. Vendeu o que possuía em Cancão e comprou a primeira área com 20 alqueires; deu o nome de Brejaúba, por causa da grande quantidade nativa de Palmito Brejaúba existente nas matas. Após a aquisição dessa área começou a comprar outras, até completar uma área de 100 alqueires, que iam até a cabeceira do Rio Santa Rosa, onde havia grande quantidade de madeira de lei. Essas propriedades faziam divisa com terras de um tal senhor Tibério Mineiro, que residia na cidade do Rio de Janeiro. A partir daí tornou-se José Baptista de Mesquita o primeiro a formar a comunidade de Brejaúba. Ele diversificou a propriedade em lavoura de café, cana de açúcar para fabricação de açúcar e aguardente, que também recebeu o nome de Brejaúba.
Anos depois José Baptista de Mesquita construiu uma nova sede da residência que até hoje é habitada pelos familiares do Sr. David Baptista de Mesquita nascido em 30/10/1915, falecido em 2010 , hoje reside sua esposa e um de seus sete filhos (Sergio e sua esposa Dalva).
As primeiras famílias que vieram para a localidade foram: Mesquita; José Baptista de Mesquita e vieram para cá em busca de área maior de terra.
A comunidade é banhada por dois rios: Estrela do Norte e Santa Rosa que forma em sua ultima queda uma bela cachoeira como cartão postal; Cachoeira de Brejaúba.
Hoje a comunidade cultiva café e pecuária.
Também podemos chegar em outras comunidades seguindo pela mesma estrada de terra batida até a Arapoca, Boa Conserva, Campos Elisios e Burarama.
A construção da Igreja foi de ano de 1982, David Baptista de Mesquita com a ajuda de colonos, filhos, familiares e comunidades de: Arapoca, Santa Rosa, Mundo Novo, Benfica e outras comunidades vizinhas foi edificada a Igreja de Brejaúba. Os pioneiros da construção da Igreja de São Francisco de Assis foram: David Baptista de Mesquita, Mª Augusta Barbosa de Mesquita, Aguilar Mesquita, Neuza Augusta Barbosa de Mesquita, Antônio Mesquita Júnior, Nelson Barbosa, Eny Stófeles Barbosa, Nádia Mª Barbosa, Geraldo Noel Mesquita e Odete Machado Mesquita.
A escolha do padroeiro foi idéia de Nádia Mª Barbosa. São Francisco de Assis por sua dedicação a natureza e toda a criação de Deus. Pensou-se também em Santa Bárbara pelos fortes temporais e São José em homenagem ao finado pai de David Baptista de Mesquita, o Sr. José Baptista de Mesquita. Em conversas com Neuza Augusta de Mesquita, umas das noras de José Baptista de Mesquita manifestou o seu carinho por São Francisco que acabou vencendo por unanimidade, ela era devota do santo e residia ao lado do local da capela.
Distância da comunidade a sede do município de Castelo é de 13 km e o melhor caminho para chegar à comunidade é seguindo pela Estrada que liga Aracuí – Estrela do Norte. À altura do Barro Preto deixando o asfalto à esquerda numa estrada de terra batida à 5km até a Igreja de Brejaúba
Padroeiro da comunidade São Francisco de Assis: Nasceu na Itália em 1182 , pertencia a burguesia, e dessa condição tirava todo o proveito. Tentou ser comerciante, mas não se adaptou. Então decidiu seguir carreira militar. Porem em 1206 para espanto de todos Francisco de Assis abandonou tudo e passou a andar como um maltrapilho, afrontando assim a sociedade burguesa. Entregou se totalmente a um estilo de vida fundado na pobreza, na simplicidade de vida, no amor total a todas as criaturas. Com alguns amigos deu início ao que seria a Ordem dos Frades Menores ou Franciscanos.
Em 1221, sob a inspiração de seu estilo de vida nasceu a Ordem terceira para os leigos Consagrados. O pobrezinho de Assis como era chamado foi uma criatura de paz e bem, terno e amoroso. Amava os animais, as plantas e toda a natureza. Poeta cantava o sol, a lua e as estrelas. Sua alegria e sua simplicidade, sua ternura lhe granjearam estima e simpatia tais que fizeram dele um dos santos mais populares e queridos dos nossos dias.

Comunidades visinhas:

Boa Conserva – Mundo Novo – Arapoca e Jabuticabeira

Situa-se a 14 Km de Castelo sendo 4 Km de estrada batida.

 

Fotos feitas com drone em 24/01/2016

 

 

Contato com a Comunidade:

Jorcelino Ávila – (Jorce

 (28) 99915: 0940

Dalva Mª Frasson de Mesquita

          99923 – 2823