Cafés de Castelo São os Melhores do Estado

 

MelhorCaféArabicaCafuso

Cafés de Castelo São os Melhores do Estado

Os melhores cafés do Espírito Santo são de Castelo. O anúncio de que os dois primeiros colocados são grãos produzidos no município, foi feito durante o “12º Prêmio de Qualidade Cafuso UCC para os Cafés das Montanhas do Espírito Santo”, na noite do último sábado, dia 30 de novembro, no Clube Recreativo de Venda Nova do Imigrante.

O primeiro lugar, eleito melhor café do Estado, teve pontuação de 91,26 e foi produzido pelo cafeicultor castelense, Valdeir Dalcin Tomazini, da Bateia, comunidade distante cerca de 25 quilômetros da sede do município. Além do reconhecimento do melhor café capixaba, o vencedor também ganhou um cheque de 20 mil reais. O objetivo do cafeicultor é usar o dinheiro para continuar investindo na lavoura. “Este é um incentivo para nossa família. Vamos comprar novas peças e acessórios para o descascador de café e buscar a produção de um café ainda melhor”, disse Valdeir Dalcin Tomazini, feliz com o resultado da premiação.

O café premiado em segundo lugar, com apenas 35 décimos de diferença, é do também castelense José Leandro Romão, produzido na Comunidade de Córrego da Prata, que fica 23 quilômetros do centro da cidade. Ele recebeu 15 mil reais de premiação. O terceiro Lugar é de Marechal Floriano, do produtor Edmar Busato, que ganhou 10 mil reais. O quarto lugar foi para Anilton Afonso Miniguite, de Vargem Alta, premiado com cinco mil reais e o quinto lugar, de Brejetuba, do cafeicultor Rogério de Oliveira Zambon, que ganhou quatro mil reais.

Quase 200 amostras de cafés, produzidos nas Montanhas Capixabas, foram inscritas no Concurso, e entre elas 110 estavam aptas a participar da competição. A premiação acontece desde 2001 e identifica os melhores cafés, da variedade arábica, produzidos de forma sustentável na região das montanhas capixabas.

Para o Secretário Municipal de Agricultura, Gilberto Gava Marques, esse prêmio demonstra a busca pela excelência dos cafés que está acontecendo em Castelo. “A cafeicultura vem se destacando cada vez mais no cenário do município, principalmente os nossos cafés especiais. Através da dedicação de nossos cafeicultores e o auxilio da Secretaria Municipal de Agricultura e do Governo do Estado, estamos atingindo padrões internacionais”, disse o Secretário.

“O consumo de cafés especiais capixabas cresce em todo mundo por causa do investimento em qualidade. O governo tem trabalhado para continuar auxiliando o setor na busca por excelência, pois a cafeicultura é a atividade mais importante para a maioria dos municípios capixabas”, disse no evento o Governador do Estado, Renato Casagrande.

(Letícia Gava)