Castelenses Faturam Medálhas no Brasil Master de Natação

 

 

Castelenses Faturam Medálhas no Torneio Aberto Brasil Master de Natação 

Ribeirão Preto – SP

 

 

 

(FONTE E FOTO A.I) – Medalha de ouro para Espírito Santo no Torneio Aberto Brasil Master de Natação. O nadador André Zanchetta Passamani (Aquática-Fitness, de Castelo) faturou o 1º lugar na prova dos 50m Costas, em Ribeirão Preto (SP). Ele ainda levou a prata nos 100m Peito, terminando o campeonato como o destaque do time capixaba.

Ana Paula Mill (Clube Libanês, Vila Velha), também nadou para ganhar a prata nos 100m Borboleta, além do bronze nos 400m livre. Arildo Burguez (Aquatica-Fitness) garantiu mais uma medalha de bronze nos 50m Costas e Osmar Passamani (Aquática Fitness) pendurou no pescoço outras duas medalhas de bronze nos 100m Peito e nos 200m Medley.

No total, a Equipe Capixaba Master de Natação encerrou a participação com 11 medalhas, abocanhando o 7º lugar entre as 28 equipes com até sete nadadores, inscritas no Torneio Aberto. O grupo superou a marca conseguida no 50º Brasileiro Master, no Maranhão, em Abril, quando ficou em 9º lugar e obteve oito medalhas no total.

“Os alunos me cobram muito resultado quando viajo para as competições. Mas essa medalha de ouro é um incentivo para eu continuar treinando e também é um exemplo para quem está começando”, comemorou André Passamani (pré-master – categoria 20-24 anos), que é professor de Natação em Castelo. Este apenas o segundo brasileiro do nadador, que vem se destacando em todas as competições que participou neste ano.

Orgulhoso com primeira medalha de ouro do filho, o pai de André, Osmar Passamani (55-59 anos) ressaltou a importância de participar de competições fora do Estado. “As competições da categoria Master são diferentes. Um torce pelo outro, um vibra com a vitória do outro. E encontramos aqui nadadores de todos os níveis técnicos, de todas as idades. A gente participa de eventos como este para aprender, conquistar e vencer limites. E isso faz bem para todos nós”, frisou Osmar.

Já Arildo Burguez (50-54) terminou a competição com um gostinho de “quero mais”. Ele, que conquistou as suas duas primeiras medalhas em campeonatos brasileiros, espera continuar participando das competições. “Gostei dos meus resultados, pois baixei os meus tempos nas provas em que nadei”, disse o nadador.

Já a veterana Ana Paula Mill (35-39 anos), também considerou muito boa a participação dela na competição. “Tenho feito treinamentos diários, com o meu técnico Laurindo Dumbra. E o trabalho que desenvolvemos juntos tem dado bastante resultado. Desde que voltei a nadar e competir, em fevereiro do ano passado, fui medalhista em todas as competições que participei”, disse a nadadora, que também é diretora da Categoria Master da Federação Aquática Capixaba (FAC). Na avaliação dela, a Equipe Capixaba Master de Natação tem tudo para crescer muito mais e brigar pelas primeiras posições nos próximos campeonatos.

O Torneio Aberto Brasil Masters de Natação aconteceu foi disputado na piscina da Sociedade Recreativa e de Esportes de Ribeirão Preto (Recra). O evento contou com a participação de 47 equipes e cerca de 450 nadadores. A competição é organizada pela Associação Brasileira Masters de Natação (ABMN), com apoio da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA).