Córrego da Prata

 

CARO VISITANTE… AGUARDAMOS SUAS INFORMAÇÕES PARA COMPLEMENTAR A HISTÓRIA DESTA COMUNIDADE. (História, fotos, Famílias, coordenadas, etc.)

 Participe!

descubracastelo [at] gmail [dot] com

Fotos: Claudia Scolforo

 

Historia da comunidade:

 

A comunidade surgiu há 105 anos atrás, por volta de 1900, [sendo que a ocupação deste local foi feita por famílias que vieram da Itália] e a partir daí começaram a derrubar algumas arvores para que pudessem construí casa que eram de estuque, ou seja, casas com armação de madeira e paredes de barro. Além das casas cujos produtos principais eram o café, arroz, feijão e também a pastagem para a criação do gado.
O nome Córrego da Prata vem devido uma nascente de água cristalina que nasce e vais passando por outras comunidades que se desloca no rio da Prata juntamente com a cachoeira que vem da comunidade da Bateia e desce até o rio Castelo.
As primeiras famílias que colonizaram Córrego da Prata foram: Manoel Ribeiro, Manoel Deolindo, Manoiel Joaquim Romão, Emilio Cruz, Antonio Miguel, Benetido Gomes, posteriormente vieram muitas outras.
A construção da igreja foi por volta de 1915. Antes da construção da igreja as famílias rezavam o terço em casa, porém foi construída uma pequena capela de madeira com o teto de tabuinha, porém com o crescimento da comunidade com a chegada de novas famílias a capelinha já não comportava a todos, sendo assim construíram outra igreja um pouco maior e a antiga capelinha passou a ser a canônica, com o passar dos anos essa nova igreja se tornou pequena, e decidiram abrir as laterais da igreja e esta após a reforma ficou em formato de cruz, a ultima reforma que aconteceu em 2004 foi modificado novamente as laterais e desfazendo os braços que dava a igreja um formato de cruz, e nesta ultima reforma a canônica foi desmanchada.

A padroeira do Córrego da Prata é Nossa Senhora do Rosário: foi escolhida através de uma reunião na comunidade e esta decidiu por esta Santa, que trás nas mãos um terço que segundo a crença é o defensor contra o inimigo.
Córrego da Prata ficas à 24 km da sede do município de Castelo, para chegar até a comunidade do Córrego da Prata segeu a estrada da Fazenda das Flores, Monte Pio, passando pelas comunidades de Fazenda da Prata e do Ouro e chegando em Córrego da Prata.

Padroeiro da comunidade, Nossa Senhora do Rosário: Certo dia São Domingos rezava em sua cela , apareceu – lhe a Virgem Maria sobre uma nuvem luminosa e ensinou-lhe um método de oração garantindo-lhe que daria resultados maravilhosos. Assim surgiu a devoção ao Rosário, composto sob orientação da Rainha do céu e que em pouco tempo trouxe de volta ao seio da Igreja inúmeros pecadores.
A consagração definitiva do Rosário por ocasião da famosa batalha naval de Lepanto, ganha pela Cristandade a 7 de Outubro de 1571. Enquanto a armada crista lutava desesperadamente contra os turcos, o povo em Roma rezava a oração ensinada pela virgem Maria. (…) Pio V insistiu a festa de Nossa Senhora das Vitórias , cujo nome foi mudado para nossa Senhora do Rosário pelo seu sucessor, o Papa Gregório XIII, que reconheceu no Rosário a arma da Vitória. No século XIX todo mês de Outubro foi dedicado pela Igreja Católica a esta piedosa oração.
No Brasil a devoção ao Santo Rosário foi trazida pelos missionários e logo se espalhou: principalmente entre os escravos que acham as orações mais simples e populares, as orações era o Pai-Nosso e a Ave-Maria. Eles usavam o rosário pendurado no pescoço e depois dos trabalhos do dia reuniam-se em torno de um “tirador de reza” e ouvia-se no interior das senzalas, o sussurrar das preces dos escravos. (…)
Maria se apresenta geralmente sentada, com o divino Filho sobre seu joelho esquerdo e segurando um rosário com a mão direita. Como a maioria das efiges da Senhora do Rosário obedece ao estilo barroco, sua vestimentas possuem planejamentos ondulantes e com ornamentos dourados.

 

Contato com esta Comunidade:

Roberto Ângelo de Agostín

Elidia

Agostinho

99986-0107

99886-0130

99962-4241