O que falar do meu pai: Meu herói, meus pricípios, meu carater…uma infância, uma juventude maravilhosa, símbolo de união familiar; amor sincero e puro, sinceramente sem igual… lembranças eterna; melhor não há. Pensar em meu pai, Attilio Vazzollér, é ter em mente a paz, a união, o prazer em compartilhar a vida, o companheirismo e no amor incondicional. Sinceramente, meu pai é meu sentido de vida… AMEI, AMO E O AMAREI PARA SEMPRE… meu pai, meu querido pai; a certeza que tenho de que está bem, por ter plantado no jardim da sua vida tanto caráter, tanta ombridade, tanto carinho e tanto amor, me torna uma guerreira dígna para tentar passar o que aprendi com o senhor, para seu neto Lucas… TE AMO PAI…          

                                                                                                                        Rita Vazzollér

CAPA DO ÁLBUM