O que fazer para o seu computador não ser invadido

 

 

 

O que fazer para o seu computador nãoser invadido ou ter os dados roubados?

 

Vírus, malwares, spywares, worms, cavalos de tróia, são só alguns nomes de uma coisa chamada praga virtual. Essas pragas contaminam o computador de várias formas, e alguns tem um código tão sofisticado que podem passar anos no computador ou na internet sem ser identificado.

Mas por que as pessoas constroem essas pragas? Há vários motivos e esses ainda sofreram grandes alterações ao decorrer do tempo.

Antes até da era da informática, na década de 70, já existiam hackers que bolavam jeitos de se fugirem das cobranças abusivas de algumas empresas de telefonia criando e distribuindo “macetes” com a população, agindo como um Robin Hood moderno. A partir da era da informática, os hackers foram se tornando vaidosos, invadindo sistemas de grandes empresas e corporações para deixar a sua “bandeira”, já com a ajuda dos vírus, mas de uns tempos para cá notamos uma grande busca por dinheiro.

Os vírus modernos não buscam mais pregar peças ou simplesmente exibir a bandeira do hacker. Com a era da internet e com ela a facilidade de compras e negociações online, as pragas virtuais evoluíram para facilitar a vida de quem quer roubar. Hoje a palavra hacker, que antes significava uma pessoa dotada de super inteligência computacional e técnica, passou a significar para muitos um contraventor, que se beneficia de falhas de segurança dos sistemas para roubar ou destruir sistemas.

Há algumas formas de se “contrair” uma praga virtual no computador, listo abaixo as mais importantes:

·                                 Email – pessoas mal-intencionadas podem se aproveitar de assuntos marcantes do dia, celebridades e até copiar páginas inteiras de banco para fazer com que a pessoa preencha um cadastro falso com suas informações bancárias ou instale um programa que dizem “para melhorar a velocidade” ou “para melhorar a segurança” do computador, mas na verdade instalam essas pragas.

·                                 Sites – sites que oferecem serviços que muitas pessoas mal-informadas buscam, como pornografia, em muitos casos possuem codificação já especializada a instalação de pragas no computador.

·                                 Mídias – pendrives, cds, dvds, etc, estando contaminados, dependendo do vírus podem ser muito prejudiciais à “saúde” do computador.

O que fazer então?

Nada é 100% seguro, mas podemos fazer algumas coisas para dificultar ao máximo que nosso computador seja invadido e/ou nossos dados roubados:

·                                 Antivírus – é muito importante que tenha instalado, tanto no computador como nos smartphones e tablets, um bom antivírus sempre atualizado. Quando digo bom, não quer dizer pagos, pois alguns antivírus grátis são tão bons ou melhores do que os pagos.

·                                 Anti-Spyware – é um programa como o antivírus, mas que funciona em impedir que a maioria dos programas spyware (programas espiões, que gravam tudo que é digitado, e até visto em alguns casos, no computador e mandam para um criminoso virtual)

·                                 Instalações – muito cuidado na hora de instalar aplicativos ou jogos, pois mesmo com toda a proteção do antivírus e anti-spyware, nada é garantido, pois sempre estão lançando versões de vírus novas, fazendo as empresas correrem atrás de atualizações de proteção. Procure instalar esses programas de empresas conhecidas, que você tenha como recorrer em caso de alguma coisa.

·                                 Formulários – de nada adianta todo esse cuidado se você simplesmente fornecer as informações que os criminosos querem de bandeja. Evite preencher formulários enviados por e-mail ou sites que você não conheça. Lembre-se que bancos não enviam solicitações de atualização de dados por e-mail, mas por carta e quando mandam, fazendo você comparecer diretamente na agência.

·                                 Compras – compre somente em sites de confiança ou que você já tenha ouvido algum conhecido recomendar. Caso não conheça o site e ele tem algumas ofertas legais, o Google está aí pra isso, pesquise bastante sobre o site, lendo opiniões de pessoas que já compraram lá. Comprar em sites como o Mercado Livre te ajudam caso a compra não seja efetuada corretamente, pois quando a pessoa opta por comprar com o Mercado Pago, o dinheiro só é liberado para o vendedor caso a mercadoria seja entregue corretamente.