É uma reserva estadual de 800 hectares administrada pelo IDAF e tombada como Parque Florestal (Estadual), situada no início da rota, local muito freqüentado para caminhadas e pedaladas entre as grandes árvores. O frescor da floresta, a riqueza da flora com bromélias e orquídeas, o verde abundante, tudo ali é muito saudável. Possui, além de outras atrações, jequitibás, com mais de 3 mil anos, que para serem abraçados são necessários dez adultos de mãos dadas. Sua fauna é bem rica com pássaros (gaviões, corujas, pega-macaco, caracará, urubus e corujas), como também possui inúmeros mananciais, onde se pode desfrutar um ar puro, alem de animais como quatis, lontras, lagartos, tamanduás, veados, pacas, tatus, entre outros animais da Mata Atlântica. A riqueza da flora com suas bromélias e orquídeas deixa a reserva ainda mais bela.

VÍDEO

2 Comentários

kely · 11 de Janeiro de 2013 às 10:28

passei por la outro dia,e fikei encantada o lugar e lindo. Espero voltar em breve.

marluce Peisino · 8 de outubro de 2013 às 23:30

Passeando pela mata das flores ao longo desse anos,já vi uma família de 6 lontras atravessando a rua,capivara, tucano, Uma garça real que não sei de onde surgiu, tartaruga , jacaré na lagoa e outros bichos mais em seu habitat .Isso é um privilégio minha gente!